Como Os Porgs Ajudaram Nas Filmagens De Star Wars: Episódio VIII

Parece que toda aquela fofura que invadiu o Episódio VIII de Star Wars não foi planejada apenas para que a Disney vendesse toneladas de brinquedos.

De acordo com Jake Lunt, designer responsável pelo desenvolvimento artístico do que agora conhecemos como Porgs, estes bichinhos foram criados para disfarçar outros habitantes que já dominavam a ilha Skellig Michael: Papagaios-do-mar.

"O dito-cujo."
“O dito-cujo.”

O local onde foram gravadas as cenas da ilha em que Luke se isolou estava cheio destes papagaios-do-mar e não havia como a equipe se livrar dos coitados. Apagá-los digitalmente também seria uma tarefa árdua. Então Rian Johnson se inspirou nestas aves para criar uma nova raça no universo de Star Wars. Jake disse em entrevista para o StarWars.com:

“Rian [Johnson] foi até Skellig Michael para gravar as cenas de Ahch-To, e a ilha é repleta de papagaios-do-mar. O local é uma reserva natural e para onde você olhar, há centenas de pássaros espalhados pela paisagem. Pelo que vi, Rian, de uma forma positiva, enxergou a situação como uma chance de trabalhar com o que havia ali. Não dá para removê-los de lá. Não dá para fisicamente se livrar de todos eles. E removê-los digitalmente seria um problema, pois isto demanda muito trabalho, então a solução foi nos divertir trabalhando com eles ali mesmo.”

A aceitação pelo público já é tanta que temos de pessoas criando Porgs no Minecraft a pessoas fazendo bolos fantásticos inspirados nos Porgs.

Aliás, se alguém quiser me enviar um bolo desses, aceito!

 

Por: Eduardo Gadens

%d blogueiros gostam disto: