Novidades de EXPLODIR A CABEÇA Sobre o Filme do Venom!

As peças vão começando a se encaixar para entendermos melhor o que poderá ser o plot do filme do Venom que estréia neste ano. De acordo com o site MCU Exchange, os atores Jenny Slate e Scott Haze tiveram seus papéis no filme revelados: Dora Skirth e Roland Treece, respectivamente.

A personagem de Slate não será uma referência direta aos quadrinhos, provavelmente será uma mistura de várias outras personagens de menor importância. Entretanto, a posição da personagem na trama é de altíssima relevância: Skirth ao que parece será uma cientista da Fundação Vida, uma organização do mal que surgiu nas HQs do Venom nos anos 90, na saga “Protetor Letal”. Vale o adendo de que essa fase nas HQs também inspirou o clássico jogo Spiderman/Venom: Separation Anxiety, que foi uma continuação do Maximum Carnage, jogo de mesmo nome da HQ –Carnificina Total, no Brasil–.

"A saga Protetor Letal, versão americana."

Já o personagem de Scott Haze, Roland Treece, tem um papel de destaque na HQ Protetor Letal: ele é um dos diretores da Fundação Vida junto de Carlton Drake. Nos quadrinhos desta saga, Venom é sequestrado por Drake e Treece para que possam utilizar o simbionte do anti-herói como experimento. As “crias” extraídas do simbionte do Venom são utilizadas em cinco soldados leais da Fundação Vida. O mote da organização é fornecer proteção tecnológica avançada para clientes abastados, e o simbionte é visto como a ferramenta definitiva para tal propósito.

"Da esquerda para a direita: Grito, Lasher, Motim, Fago e Agonia."
“Da esquerda para a direita: Grito, Lasher, Motim, Fago e Agonia.”

Neste universo cinematográfico criado pela Marvel, onde aliens invadem Nova York e a extinção humana é uma ameaça muito real, faz todo sentido que a Fundação Vida tenha o interesse de vender tal proteção. Dependendo do quanto esse filme do Venom será fiel à origem do personagem nas HQs ou não, pode até ser que a Fundação seja quem desenvolveu o uniforme simbionte, no final das contas.

Na linha Ultimate dos quadrinhos Marvel, houve um retcon que alterou a origem do uniforme, mostrando que os pais de Eddie Brock e Peter Parker desenvolveram-no como uma cura para todas as doenças, mas o simbionte acabou escapando e se ligando a Eddie Brock, criando o Venom. Basta ajustar um pouquinho essa história e poderíamos ter Eddie Brock investigando a Fundação para resolver o mistério da morte de seu pai. Seguindo nessa linha, isso também poderia explicar o porquê de Eddie entrar em contato apenas com o Peter Parker de Tom Holland e não o Homem-Aranha de fato.

Principalmente por todo o meu amor pelos jogos Maximum Carnage e Separation Anxiety, e o Venom ser um dos meus personagens favoritos, eu estou tremendo de tanta alegria com essas possibilidades! Vem logo outubro!!

"Maximum Carnage e Separation Anxiety para o Super Nintendo."
“Maximum Carnage e Separation Anxiety para o Super Nintendo.”

 

Por: Eduardo Gadens

Fonte: Comicbook.com

%d blogueiros gostam disto: